segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Locadora TV #9 - O "novo" Mega Drive da TecToy

   No episódio dessa semana, vamos comentar sobre algumas notícias recentes. Bethesda não enviará mais versões antecipadas para review e Tectoy relança o mega drive.

   Se preferir, baixe a versão em mp3

(ATUALIZADO) NINE NINE NINE! Zero Escape será lançado para PSVita e PS4 E STEAM

Foi anunciado pelo twitter oficial da/do Playstation, um pack de dois jogos da série Zero Escape para PS4 e PSVita que será lançado lá pro início de 2017.
O pack se chamará Zero Escape: The Nonary Games e vai conter o 9 Hours, 9 Persons, 9 Doors (popularmente conhecido como 999) e o Zero Escape: Virtue's Last Reward. 
999 era exclusivo de DS (a versão de iPhone não conta) e o VLR foi lançado pra 3DS e PSVita. 999 será refeito para ter visuais em HD e a adição de dublagem em inglês e japonês.

Pra quem não conhece, os dois Zero Escape são adventure visual novels onde 9 pessoas são presas num local por uma figura misteriosa chamada Zero, lá elas são obrigadas a jogar o "Nonary Game", que tem regras diferentes em cada um dos games, eu só joguei o 999 e to com preguiça de explicar a parada, mas saiba que envolvem puzzles simples, pseudo-ciência, conspirações, escolhas e vários finais.

Vale a pena dar uma conferida pra quem tem PS4, e principalmente pra quem tem Vita, já que mal tem jogo nessa porra.

Pra quem só tem PC, jogue o Zero Time Dilemma, o terceito jogo da série que parece que está sendo esquecido, e torça para que lancem o Nonary Games pro PC, ou baixem um emulador de DS e joguem o 999, como eu fiz.

ATUALIZAÇÃO
VAI TER PRA STEAM TAMBÉM
FODA-SE TUDO!!

Luigi's Mansion: Dark Moon

Aproveitando o último dia de outubro, vou fazer um post para celebrar o Halloween (atrasado, mas o que vale é a intenção). Enfim, vou falar de um jogo muito querido por mim, o “Luigi’s Mansion: Dark Moon”, que tem um enredo bem simples e quase infantil, onde o professor E. Gadd trabalha tranquilamente em seu escritório com seus ajudantes fantasmas quando, subitamente, o Rei Boo destrói o satélite que mantém os fantasmas dóceis e amigáveis, a Lua Negra. Como Mario está desaparecido, o professor acaba chamando Luigi, que aceita de livre e espontânea pressão ajudar o professor a recuperar todos os pedaços quebrados da lua, espalhados em 6 mansões.

Com esse enredo simples, o jogo surpreende. Primeiro, por que o desenvolvimento da história é muito cativante, envolvendo você e deixando-o curioso para passar por todas as fases e saber logo o que acontece.

Segundo, pelo visual estonteante. “Luigi’s Mansion: Dark Moon” é um dos jogos mais detalhistas que tem para plataformas portáteis, afinal, que jogo têm salas, corredores, cavernas e terraços recheados de objetos com a possibilidade de interação com cada um? E neles você acha alguma surpresa, não é que nem os baldes de lixo do Pokémon, que não tem nada. Sem mencionar o visual, as cores e as animações, tudo muito bem feito, muito belo e característico.

Terceiro, esse jogo é difícil. Difícil pra caramba e por diversas fases você vai se pegar irritado, gritando com o Nintendo 3DS mandando os fantasmas tomarem naquele lugar e o jeito mole do Luigi.

Por falar no jeito mole do Luigi, talvez esse seja o primeiro grande diferencial do jogo. Ele não é como Mario, não é corajoso e destemido, é medroso, desajeitado e engraçado de um jeito cartunesco, o que surpreende e promove bons sorrisos durante toda a jogatina.

Enfim, “Luigi’s Mansion: Dark Moon” é um ótimo jogo, que merece o título de “Um dos melhores jogos já lançados para Nintendo 3DS” de algum site especializado aí e por este que vos fala também.

Resumão de E-sports

   Como esse é o assunto menos lido do blog mas que eu gosto e continuo postando, resolvi resumir tudo que aconteceu nesse fim de semana em um único post. Teve qualificatórias de 'Dota 2', final do mundial de 'League of Legends', time brasileiro de 'CS:GO' tomando 7 a 1 perdendo em São Paulo e primeiro campeonato da Blizzard de 'Overwatch'. 

Estádio cheio de espaço em São Paulo pra final de CS

All old all same Mega Drive

   Depois de fazer um anúncio de anúncio em forma de contagem regressiva nesse link, hoje a Tectoy botou em pré-venda seu novo produto, o Mega Drive. O console criado pela Sega em 1988 (no Japão) será relançado aqui no Brasil por R$450 ou R$400 se você comprar na pré-venda.

   O novo lançamento será compatível com os controles e a maioria dos cartuchos originais, terá saída de vídeo componente, e resolução de vídeo de 256 x 224. É isso mesmo, nada de HDMI nem de melhorias gráficas ou sonoras. 

   Então não teve nenhuma novidade? Bom, o console tem uma entrada para cartões SD, mas não deve se imaginar que será permitido rodar ROMs a partir dela. A Tectoy ainda falou que gostaria de relançar os cartuchos mas precisaria renovar as licenças para isso.

   Para os que não tem cartuchos, o Mega Drive virá com 23 jogos na memória, dentre eles: Alex Kidd, Altered Beast, Flicky, Golden Axe, Kid Chamaleon e Sonic 3. Essa lista ainda está sujeita a alteração sem aviso prévio pela Tectoy. Para conferir todos os jogos e mais informações, o link para a compra do produto é esse.

sábado, 29 de outubro de 2016

Top 5,5 músicas de title screen do Desgraça



Bom, já que a moda agora é criar listas, não vou ser diferentão e vou criar a minha também.

"Title screen" com música é um jeito de te deixar já empolgado pro jogo, era algo bem comum em jogos de console que foi se perdendo atualmente. Geralmente o jogo tem um introdução mostrando alguma coisa e te manda pra tela de título sem música nenhuma, o que era comum em jogos de arcade.

Mas sem mais delongas, vamos pra minha listinha de melhores musiquinhas de titlescreen:

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Top 5,5 "title screen" por Felipe

Nos próximos dias, nós da Locadora TV estaremos publicando essa lista de 5,5 melhores temas de title screen de games, algo essencial na vida de todos que jogam videogame, afinal, as title screen são o nosso primeiro contato com o jogo. Aqui não irei separar apenas a música tema, mas também vou levar em conta a própria animação, o título, enfim, diversos fatores. Uma title screen é a famosa “primeira impressão”, é aquele primeiro passo dentro do escritório para uma entrevista de emprego, as primeiras palavras com uma garota, o primeiro single de um CD, enfim... chega de enrolação e vamos à lista:

1 – Kamen Rider Club (1998)


Essa porcaria é rara, tão rara que só tem em japonês (pelo menos eu “joguei” em japonês) e você só vai jogar no seu PC, emulando o NES, mas olha essa title screen, olha esses kamen riders malucos, olha essa animação indutora de crises epilépticas... Não tem como isso não ser bom!




5,5 Melhores músicas de "title screen" dos jogos que eu joguei

   Outro dia eu estava ouvindo várias músicas de abertura de desenhos em vez de estudar e pensei que isso poderia render um bom post, mas como o blog é de joguinhos, adaptei para as músicas que tocam na tela de título do jogo. Não vale vídeo abertura nem introdução nem nenhuma outra música contida no jogo, só as que tocam enquanto o título está na tela e você precisa apertar start para começar o game. 

   Provavelmente esqueci de vários, mas não posso fazer nada. Talvez, quem sabe, numa dessa, o Desgraça e o Felipe façam a lista deles pra abranger mais jogos, mas nada garantido. Com isso em mente, vamos logo pra lista. E escreva nos comentários a sua lista também.



quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Depois dos vazamentos, Pokémon oficializa as evoluções iniciais e mais

   Saiu ainda pouco pelo canal do Pokémon no youtube um novo vídeo das verões Sun/Moon onde foi oficializado as versões finais dos Pokémons iniciais, agora com nome mas continuam bem feios. Além deles, o vídeo trouxe algumas outras novidades bem legais como um novo terreno, o psíquico, onde ataques do tipo dark são negados. Isso é uma grande vantagem pois os ataques noturnos são super efetivos contra os Pokémons psíquicos.




   Outra novidade foram os guardiões. A região de Alola terá 4 ilhas e cada uma terá um "Guardião Tapu" que parecem ser espécies raras (1 único por jogo) mas possivelmente não tão fortes quanto os lendários. Foi revelado também que eles terão um z-move comum que ficou bem bacana.

   Por fim e principalmente, foi apresentado que personagens das versões anteriores estarão presentes na história e ajudarão o personagem principal em sua jornada. Teremos alguns que ninguém lembra o nome, mas também estarão presentes Red e Blue, o protagonista e seu rival das primeiras versões, em formas adultas. Isso foi um toque bem legal e solidifica ainda mais as ligações com os jogos originais. 

   Pokémon Sun e Moon serão lançadas no dia 18 de Novembro. Confira o trailer.


Sega furou o olho da Nintendo

   Essa parece ser uma boa semana para os segistas segos segueiros fãs da Sega. Além do iminente anúncio da Tec Toy de algo misterioso (mas que provavelmente é um mega drive com hdmi e cartucho que vai funcionar como um HD para seus jogos), a empresa anunciou que comprou direito de exclusividade para fazer jogos das olimpíadas.

   Isso é uma surpresa pois a Sega sempre esteve presente nos games de jogos olímpicos da Nintendo que, apesar de simples, divertiam bastante os jogadores mais casuais. Outra coisa estranha foi a Nintendo ter deixado isso passar já que o Mário foi inclusive utilizado na parte japonesa do encerramento dos jogos Rio 2016 para promover Tokyo 2020.

   Não temos como saber os motivos que levaram a esse acordo, mas provavelmente não veremos um 'Mario and Sonyc at the Olympic Games 2020'. Pelo jeito rivalidade antiga nunca se perde mesmo.

Season Pass de cu é rola, diz Respawn Entretainment

   Vejam só que boa notícia, a Respawn Entretainment anunciou que 'Titanfall 2' não terá season pass e que todos os DLCs do jogo serão gratuitos, tanto de mapas quanto de modos. Além disso, confirmaram que o primeiro mapa a ser adicionado no jogo será um remaster de Angel City, um mapa do Titanfall original.

   Isso, além de ser muito bom para as carteiras dos jogadores, significa que a comunidade não ficará fragmentada em pessoas que tem todos os DLCs, aqueles que compraram só alguns e os que decidiram permanecer só com o jogo original. Comprando o jogo você terá todo o conteúdo adicional e garantia de um suporte por um bom tempo, disse a Respawn

   Agora vamos torcer para isso virar tendência entre as outras desenvolvedoras, uma vez que é um atrativo para mais pessoas comprarem o jogo e equilibrar o lucro de quando menos pessoas compravam e algumas gastavam com DLC. É esperar pra ver.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Locadora TV #8 - Jogos de terror para o Halloween

   No episódio dessa semana, em comemoração ao Halloween, vamos falar de jogos de terror/horror

   Se preferir, baixe a versão em mp3


5,5 games bons mas desconhecidos de mega drive

por Belo

   A Tec Toy fez um anúncio misterioso no dia 24/10/2016 e colocou esse vídeo aqui na sua conta oficial:



   Esse vídeo dá a entender que teremos o relançamento do Mega Drive (Sega Genesis), o querido console 16 bits que fez parte da infância de muitos brasileiros. Então resolvi fazer um top de jogos que a maior parte da galera desconhece mas são excelentes e estão entre os melhores títulos do console, então vamos que vamos:


Fim do suporte para Evolve

   Ontem no fim do dia a desenvolvedora Turtle Rock anunciou que vai parar como suporte do seu shooter multiplayer. 'Evolve' se tornou free to play para PC em julho e com isso conseguiu um aumento significativo no seu número de jogadores, mas aparentemente isso não foi o suficiente para manter o suporte de jogo.


   Isso significa que você não vai mais poder jogar o jogo? Não. O jogo continua lá e os servidores continuarão ativos. Quando ficou de graça eu cheguei a jogar durante um mês o 'Evolve' e é um jogo muito legal e nem um pouco repetitivo apesar dos poucos mapas. O fato de tanto o monstro quanto os caçadores serem jogadores da uma dinâmica bem bacana também, mas torna a partida fácil se o monstro for ruim como eu quando tentei jogar com ele.

   Sem o suporte infelizmente não teremos mais atualizações que poderiam manter o jogo vivo por muito mais tempo. Mas a pior notícia é para os donos de consoles que receberam a promessa do free to play também, infelizmente isso não vai mais acontecer. Pelo menos a versão que importa ainda terá uma quantidade legal de jogadores por algum tempo. RATINHOOO.

Review de REvil - Resident Evil

Sim, a clássica trilogia do PSX que apavorava com bichos bizarros, puzzles esdruxulos e GRÁFICOS MEGA REALISTAS!!! 

Bom, os tempos mudaram, hoje em dia Resident Evil não assusta nem seu primo chato de 5 anos.

Farei um review de cada jogo da "trilogia original", esse focará no primeiro e já vai falar de um monte de coisas de aspectos que são comuns na série, mecânicas, jogabilidade e gráficos são praticamente a mesma coisa.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Trailer de lançamento de Titanfall 2

   'Titanfall 2' vai ser lançado oficialmente sexta feira agora (28 de outubro) e ganhou um trailer de lançamento bem maneiro. Provavelmente não vamos fazer review logo aqui porque somos pobres não pretendo comprar no lançamento, mas o game está sendo relativamente bem avaliado com notas entre 8 e 8,5 em geral. Esse novo vídeo foca mais uma vez na campanha single player onde você e seu amigo robô gigante vão aprontar altas confusões na sessão da tarde. Confira.


Review - Metroid Prime Pinball

por Belo


   "Na medida certa para que gosta de pinball e ainda faz jus ao nome Metroid".

   Estava procurando games casuais para colocar no meu DS para passar tempo porém a maioria deles, na minha opinião, são fracos, seja por não saberem (ou forçarem) utilizar as duas telas ou por ter uma qualidade ruim. Pois bem, 'Metroid Prime Pinball' consegue fugir dessas duas regras e entregar uma boa experiência para quem procura um game para passar o tempo e também para os fãs de Metroid.

   O que o ocorre é que a empresa que criou esse game (Fuse Games) soube colocar o mundo de Samus Aran no console de bolso com uma qualidade impecável, tanto na jogabilidade que é muito precisa na hora de acertar as bolas com o flipper, na ambientação pois as fases se passam nos lugares da história de 'Metroid Prime' (Game Cube) e especialmente na trilha sonora que é uma das melhores dos jogos de Metroid.


   Esse game é uma das melhores experiências que eu tive com a série da heroína pois meus últimos encontros com Samus não foram tão bons (O último jogo da série prime, 'Metroid Prime 3: Corruption' e o amado e odiado 'Metroid: Other M'). Se você assim como eu tem um DS e ainda não jogou esse game com certeza está perdendo um dos clássicos do 2º console mais vendido de todos os tempos.

Nota: 7.5

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Trailer live action de Dishonored 2

   Todos sabem que os videogames estão cada vez mais se assemelhando a filmes, ou experiências cinemáticas, mas a Bethesda resolveu elevar isso a um novo nível com 'Dishonored 2' e fazer um trailer live action com pessoas de verdade. O jogo será lançado dia 11 de novembro para PS4, Xbox One e PC. Confira o trailer que está melhor que muito filme por ai bem legal.


Pokémon Go terá evento de Halloween!

Pokémon Go irá receber o seu primeiro evento, conforme anunciou a Niantic e Pokémon Company hoje. 

O evento temático será sobre o Halloween, começando no dia 26 de outubro (quarta-feira) até 1º de novembro (terça-feira), ou seja, uma semana com mais pokémon fantasmas, psíquicos e noturnos aparecendo, dando mais candies se você deixa-los como seus “buddy Pokémon” e, para cada transferência, o professor irá lhe dar dois candies ao invés de um.

Para aqueles que ainda jogam é uma boa para conseguir evoluir uns Pokémon difíceis de obter (como o Hypno e o Gastly). Infelizmente, o evento também inclui uma maior aparição de Zubats (como se precisasse disso).


Este é o primeiro evento e funcionará como um teste para a Niantic, que, antes do lançamento do jogo, anunciou os eventos, mas até então não tinha feito, nem falado, nada sobre o assunto. Nos EUA, o Halloween é uma data muito movimentada (mais ou menos como é a Páscoa e o Natal) e, com certeza, isso irá aumentar os números de jogadores ativos no jogo (que tem diminuído sempre mais). Eu não irei baixar novamente o jogo (em parte, porque quando jogava fiquei viciado e quase completei a pokédex em duas semanas), mas, como eu disse, isso servirá como um teste para ver se a distribuição dos Pokémon realmente aumentou, se os servidores estão melhores, aguentando mais jogadores e se as pessoas ainda estão interessadas no jogo.

Enfim, é uma ideia interessante e, se bem executada, pode dar certo.

Começam as qualificatórias do Boston Major


   Já que hoje é dia de posts de e-sports que ninguém vai ler, vou aproveitar e falar de 'Dota'. Anunciado no início do mês, o Boston Major deu início a sua fase qualificatória ontem (23 de outubro) e se estenderá até o dia 30.
   
   O mais interessante dessa competição, na verdade, foi ver que apenas um time do cenário europeu (OG) recebeu convite direto para participação do evento. Isso fez a região, que é sempre a mais competitiva, ter o menor número de equipes disputando os 1,1 milhões de dólares do prêmio para os vencedores e tornando a qualificatória européia uma competição a parte. O Boston Major acontecerá em Boston AH VÁ entre os dias 3 e 10 de dezembro 

Quando CS 1.6 era o atual

   O twitter Esports Hall of Fame volta e meia posta jogadas dignas o tal hall da fama que é recente e só tem 2 jogadores. Esse fim de semana compartilharam uma jogada do saudoso CS 1.6 que tinha um cenário competitivo mesmo em um tempo que nem existia o termo e-sports. O vídeo é curto e qualquer um que já pisou numa lan house irá admirar o feito. Para mais informações sobre o Esports Hall of Fame, clique aqui para ir até o site oficial da organização.


domingo, 23 de outubro de 2016

Review - Deus Ex: Mankind Divided

Deus Ex é aquele jogo sensacional que já teve um review aqui, ele teve uma sequência esquecida e a franquia entrou num limbo até o lançamento do Deus Ex: Human Revolution, apesar de ser bem mais contido que o primeiro Deus Ex, é um bom jogo e "digno" de ter o nome DEUS EX.

HR fez sucesso e era claro que haveria uma sequência, demorou até 2014 pra revelarem algo (Deus Ex: The Fall não conta), daí que surgiu o Mankind Divided. Achei meio "paia" ser uma sequência direta com o mesmo protagonista, mas o que estava sendo mostrado parecia ótimo.

Então chegou Agosto e finalmente saiu, mas e aí? Foi algo bacana, ou foi só mais um cash grab safado? OS DOIS! 

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Quando Pokémon te faz chorar

   Esse novo comercial pode não parecer muita coisa, mas quando a nostalgia e o saudosismo batem, é foda segurar.


quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Locadora TV #7 - Nintendo Switch

   No episódio dessa semana vamos falar sobre o Nintendo Switch. O programa ficou um pouco maior mas foi por um bom motivo, discutimos tudo o que achamos do novo console da Nintendo. Confira ai.

   Se preferir, baixe a versão em mp3


Trailer de Red Dead Redemption 2

   Como anunciado na terça feira, eis o trailer do novo jogo da Rockstar. O trailer mostra bastante de cenário e está bem bonito, não revela nada demais quanto a trama e personagens. No fim das contas é só uma demonstração do jogo, sem dicas de como a história deve fluir e nem informações sobre o jogo ter um modo online como estava se especulando. Confiram o vídeo.

Preview do SWITCH

   A Nintendo acabou de lançar um preview do seu próximo console, confira:




   HÍBIDO, SKYRIM HD, MULTIPLAYER LOCAL PORTÁTIL. MÁRIO KART. E-SPORTS. CONTROLE SEM FRESCURAS (OU COM, SE PREFERIR).

   Eu:

Novo vídeo de Breath of the Wild

   Além do preview do NX que sai hoje mais tarde, a Nintendo acabou de postar um novo vídeo de 'The Legend of Zelda: Breath of the Wild'. Nele é mostrado várias sequências in-game do jogo, dando pra ter uma noção de mecânicas, passagem de tempo e mudanças de clima. Não tem muito o que dizer, só assistam que ta bonito para caraleos.


Tática de iniciantes ganha jogo para profissionais de Overwatch

   Em um campeonato profissional de 'Overwatch', o time LW Blue estava prestes a perder o round quando um dos jogadores resolve trocar de personagem e escolher o herói mais fora da meta e usar uma tática que só costuma funcionar em jogos de iniciantes. Desespero? Talvez, mas foi tão inesperado que funcionou perfeitamente, matando 5 inimigos e garantindo a vitória para seu time.

   É por momentos como esse que sou defensor dos E-Sports. Eu nem nunca joguei 'Overwatch', mas tendo a mínima noção de como é o jogo já é possível entender e se empolgar. Se você quer começar a acompanhar E-Sports também, 'Overwatch' é uma boa entrada, tanto como 'CS:GO' ou 'Rocket League'. É uma modalidade nova que está crescendo bastante e ficando cada vez melhor. Confira a jogada citada no vídeo abaixo.


quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Novo vídeo de Horizonte Zero Alvorecer

   'Horizon Zero Dawn' é um exclusivo de PS4 que foi apresentado na E3 de 2015 e teve uma recepção muito boa. Em um mundo com robôs animais gigantes que habitam um senário totalmente natural, o jogo parece se contradizer e ao mesmo tempo funcionar muito bem.

   No novo vídeo, os desenvolvedores do jogo falam um pouco mais sobre as criaturas criadas para o mundo, como cada uma foi criada e vai funcionar. Também são apresentadas algumas mecânicas de jogabilidade que a personagem principal poderá fazer ao longo da campanha. O jogo será um RPG de ação em mundo aberto e está com lançamento marcado para 28 de março de 2017 se não for adiado. Confira o vídeo abaixo.


terça-feira, 18 de outubro de 2016

Jogos Horripilantes para o Halloween - O Capítulo Final


Bom, no meio de tantos posts, quase me esqueci dos JOGOS HORRIPILANTES.

Mas vamos logo pra essa bagaça pois esse é o último.

Dessa vez vai ter uns jogos mais "conhecidos" que os anteriores.

Review - Thumper

   Thumper é um jogo de ritmo onde você é uma espécie de besouro deslizando por uma trilha e tem que fazer o comando certo na hora certa para evitar os obstáculos de acordo com a música que toca ao fundo. Ou pelo menos é isso que deveria ser.

  Com um visual possivelmente derivado de uma sessão de LSD, Thumper é até eficiente em apresentar as mecânicas simples que compõem o jogo e responde bem ao que é pedido pelo jogador. O problema é quando se avança um pouco nas fases, é necessário fazer sequências rápidas que acabam nublando a música que deveria ser seguida, exigindo mais reflexos do que ritmo, é ai que o jogo se perde.

   As músicas até tem um ritmo bacana, mas são repetitivas e no final da fase já se fica cansado delas. Ainda tive problemas com o áudio, frequentemente distorcia totalmente e, pela música ser eletrônica, demorei pra identificar como um problema, achando que era pra ser daquele jeito (lá pelos 8:10 do gameplay que publiquei outro dia no site da de perceber o som indo pro saco).

   Thumper também está disponível no PSVR menos pra quem sofre de motion sickness, imagino que deva ser um jogo legal de apresentação do sistema por ser uma espécie de "montanha russa" e ser bem ágil. No geral é um jogo repetitivo e não muito gratificante. É eficiente em alguns aspectos e conseguiria entender se alguém me disser que gostou, mas não recomendo.



Red Dead Redemption 2 é oficialmente anunciado

   Um dia depois de fazer joguinhos no twitter, a Rockstar anunciou oficialmente a continuação de 'Red Dead Redemption'. Tudo que se tem de informação até agora é nada que o jogo chega no final do ano que vem se não atrasar. Lá pra abril havia surgido um rumor que o jogo seria uma prequel junto com o vazamento de um possível mapa, mas é tudo especulação. Quinta feira atualizo vocês com o trailer.

Vaza informações de Pokémon Sun/Moon

   Mal saiu o demo do jogo e alguém já descobriu que ela possui informações muito além do que é jogável. Um canal do youtube apresentou tudo que conseguiu descobrir, eis o que achei mais interessante, além de vários novos pokémons.

Dugtrio surfista, Golem seu barrica e Pikachu skatista

Todas as formas dos Pokémons iniciais

Lendários com pré-evoluções

   Além disso, os vídeos também apresentam informações gerais sobre ataques, terrenos e habilidades que estão dentro do código do jogo e muitos sprites de Pokémons na forma shiny. Vazamentos a parte, o jogo está parecendo bem bacana e as primeiras impressões da demo estão sendo boas. Hoje a noite vou jogar ela e amanhã provavelmente faço um post aqui falando o que achei. 

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Megami Tensei - O JRPG demoníaco


Na era do Snes até o PS2, tinha JRPGs a dar com pau, milhares de joguinhos longos com histórias maneiras e sistema de batalhas estranhos, mas que certamente tinham bastante espaço no cenário de games ocidental.

A maioria era com temática medieval e acabavam sendo esquecidos, outros tinham ideias diferentes mas acabaram não sendo tão populares, mas se a gente já enjoava de tanto JRPG aqui, imagina no Japão, o nome do gênero não é Japanese Role-Playing Game de sacanagem, né?

Infelizmente perdemos muita coisa foda, mas algumas conseguiram se estabelecer depois, como a série que falarei hoje: Megami Tensei, carinhosamente apelidada de MegaTen.

Pigeon Simulator

   Em uma missão de 'Battlefield 1' algo inusitado acontece. Quando um pelotão está cercado por inimigos dentro de um tanque inútil, sua única salvação é mandar um pombo voar com uma mensagem até o quartel general para pedir reforço. Até ai tudo bem, mas VOCÊ controlará o pássaro.


   O jogo vai ser lançado dia 21 desse mês e, além da visão de pombo, promete mostrar varias perspectivas da grande guerra que ninguém vai se importar porque vão ficar só no multiplayer. Agora, o que eu gostaria de ver é a visão dos inimigos tentando prender, segurar, agarrar, capturar, pegar o pombo agora!

Farabel, o jogo ao contrário

   Estava eu a procura de notícias para postar no blog quando me deparo com o seguinte título: "Farabel: O jogo de tático de turnos que cada vitória te deixa MAIS FRACO". É isso mesmo, o jogo se passa de trás para frente. Após cada batalha você perde um nível e tem que escolher qual atributo do seu personagem quer diminuir.

   Achei a ideia muito bacana! É uma perspectiva diferente que parece ser interessante de se abordar, com certeza vou conferir para descobrir se escolher onde piorar seu personagem é tão difícil quanto decidir como evoluir ele. O jogo será lançado hoje (14/10/2016), confira o trailer abaixo.


Locadora TV - Thumper

   Ao longo da semana ouvi/li em alguns lugares sobre um tal jogo chamado 'Thumper', todos falando muito bem desse jogo baseado em ritmo. Então procurei na steam e resolvi testar já que não é tão caro assim. Só assistir talvez não transmita o que o jogo se propõe a passar, mas acho que vale apena dar uma conferida.


quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Locadora TV #6 - Quando eu era criança era bom

   No episódio dessa semana vamos falar dos jogos que jogávamos quando crianças que eram bons só na nossa cabeça juvenil

   Se preferir, baixe a versão em mp3



   Jogos comentados:
Power Rangers SPD
Doom Troopers
Mickey's Ultimate Challange
Pocky Rocky
Dragon's Lair
Iggy's Reckin Balls

Binding of Isaac v Our Darker Purpose

   Recentemente comecei a jogar 'Our Darker Purpose' com a ideia de fazer um review na semana que vem. O problema é que eu sou ruim demais e não consegui avançar muito. Acho que seria injusto analisar o jogo sem conseguir completá-lo, então resolvi só fazer alguns comentários e relacionar com seu jogo "pai", 'The Binding of Isaac'. (Para facilitar, vou chamar os jogos de ODP e BOI).


   A mecânica dos dois jogos são extremamente semelhantes, utiliza WASD para movimentar o personagem e os direcionais para atirar. O único extra é que em ODP é possível rolar para se esquivar de alguns inimigos, mas fora isso não existem grandes diferenças entre eles. O que me chamou a atenção no ODP foi ele ter tentando fazer uma história mais densa que envolve crianças se matando em uma escola, infelizmente minha habilidade não permitiu ver o final então não sei dizer se ela continua decente até o fim enquanto BOI tem uma narrativa mais rasa, apesar de também muito perturbadora.

   Apesar de terem uma mecânica idêntica muito similar, a jogabilidade tem variações. Em BOI as coisas acontecem com uma agilidade maior enquanto que em ODP é mais cadenciado, te dando um pouco mais de tempo para pensar no que fazer.


   De um modo geral, os jogos são bem iguais. Os dois tem um esquema de geração aleatória de mapa, upgrade de tiro e afins e é necessário explorar o máximo de cada nível para ficar mais forte e conseguir derrotar os chefões. ODP me parece ser um pouco mais longo, o que pode ser um diferencial se precisar escolher entre os dois jogos. 

   Enfim, recomendo bastante pra quem gosta de joguinhos de passar raiva e ficar tentando 2371 vezes até conseguir passar de uma fase para morrer na próxima e começar tudo de novo

O que tá rolando nesse update de Halloween do Overwatch?


AAAAAARRRRGH!!!

Pra comemorar o Mês do Curupira, a Blizzard resolveu lançar um update de Halloween para o Overwatch, sim, aquele joguinho que todo mundo fala e é cheio de fan arts, cosplay e putaria.

Vamos ver o que tem de bom:


5,5 Personagens para PlayStation All Stars Battle Royale 2

por Belo

   Sou fã de 'Super Smash Bros.', joguei desde o primeirão no Nintendo 64 SIXTYYYYYYYYY FOURRRRRRRR!!! até algumas versões mais atuais. Logo quando fiquei sabendo que tinha algo parecido para o PS3, procurei jogar e fui surpreendido por um bom game. 'PlayStation All Stars' é parecido com Smash Bros em algumas coisas mais tem uma levada totalmente diferente, o que na minha opinião é ótimo. Mas enfim o que queria fazer hoje com os nobres bacharéis é uma lista de personagens que poderiam entrar em uma continuação, então sem mais de longas vamos lá:


Olhem só nosso Single Player. Agora vai ser bom, viu!

   Uma das maiores críticas do Titanfall (2014) era a inexistência de um modo single player. Bom, parece que eles ouviram essas reclamações e estão focando bastante nesse modo para o vindouro Titanfall 2, que será lançado ainda esse mês.

   Eu acabei não jogando o jogo original porque achava muito caro, mas achei a ideia muito legal e parecia ter um multi player bem divertido e dinâmico. Porém, concordo que um jogo de preço "cheio" tem que oferecer mais do que um modo multi player online que ficará cada vez mais vazio conforme o tempo passa, inibindo a compra do jogo após 6 meses do lançamento.

   Enfim, estão fazendo bastante marketing em cima do single player do Titanfall 2 e, num vídeo recente, mostram a equipe criativa comentando como foi trabalhar no modo. Brincadeiras (do título) a parte, ele realmente parece estar bacana e os criadores parecem estar felizes e empolgados com o que conseguiram criar. Confira o vídeo abaixo.


terça-feira, 11 de outubro de 2016

Momentos de Terror Videogamísticos


O Mês da Mula Sem Cabeça continua, dessa vez quero focar em momentos, personagens e outras coisas que dão "medinho", só que não estão em jogos de terror. Bastante dessas coisas vem de quando você é criança e é mais propenso a se assustar com qualquer coisas mais "sinistra", um exemplo é Majora's Mask, mas eu não joguei essa porra quando criança e a escolha é bem óbvia.

Ah, vai ter spoiler dos jogos mencionados, teja avisado.

Review - Alan Wake

   Continuando a onde de posts sobre terror/horror que o Desgraça começou, resolvi fazer um review de Alan Wake, que é o único jogo do gênero que joguei já que sou um cagão do caralho. Ele é um jogo que utiliza mecânicas narrativas e de jogabilidade muito bacanas para prender a atenção do jogador, e o faz com êxito.

   A história segue a vida de um escritor chamado Adolf Alan, obviamente, que perde a memória de acontecimentos recentes e vai em busca de sua esposa perdida seguindo pistas escritas por ele mesmo. "Mas como?" Você me pergunta, e eu te respondo, jogue para descobrir seu preguiçoso. É uma história intrigante e muito bem amarrada.

   Não se pode falar da narrativa desse jogo sem mencionar a trilha sonora excelente. Todas as músicas casam muito bem com o clima que é necessário e ainda, prestando atenção na letra, acrescentam mais informações para o entendimento da história. O jogo ainda tem uma passagem que se passa em um palco regada a um excelente heavy metal.


   A parte da jogabilidade, apesar de não ser 100%, introduz uma mecânica em que você precisa utilizar uma lanterna para espantar a "escuridão" dos inimigos que os deixam imunes a tiros. Todos esses pontos fazem Alan Wake um jogo foda que recomendo fortemente mesmo aos mais cagões fracos como eu.

   PS: Ouçam essa música também.


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Profissional de CS:GO humilha inimigos

   A sessão de E-Sports é a que, aparentemente, menos interessa os leitores, mas vou postar mesmo assim porque o blog é meu e eu posto o que eu quiser tem algumas jogadas que são sensacionais de se ver. A de hoje aconteceu em uma stream do jogador 'Hiko'.

   Não sei como nem porque, mas ele estava jogando sem a mira no centro da tela, só com uma pistola mais fuleira e ainda consegue matar o time inimigo inteiro sozinho de alguma maneira. Enfim, olha o que ele fez! olha o que ele fez! confiram no vídeo abaixo esse feito incrível.


Midseason Mayhem de Rocket League

   A segunda temporada do mundial de Rocket League veio com uma novidade bem bacana. Anunciada no final de setembro (um pouco antes do começo dos jogos oficiais), O Midseason Mayhem bota os profissionais para disputar um pequeno campeonato a parte, mas usando os modos e mapas mais malucos do jogo. E quem escolheu como seria a partida foi ele mesmo foram os fãs que assistiam o evento no twitch.

   

   São 7 mapas especiais para serem utilizados nos dois primeiros jogos (de uma melhor de 5), 9 modos malucos votados para a disputa dos jogos 3 e 4 e o modo "Rumble" para o desempate. Você pode conferir um resumo bem legal de todas as regras nesse link do Reddit.

   O Rocket League Championship Series Season 2 começou a pouco tempo. Caso você se interesse, entre no site oficial para obter mais informações, é um jogo muito divertido de se acompanhar. Para finalizar, confira abaixo os melhores momentos do Midseason Mayhem (divisão da América do Norte).


domingo, 9 de outubro de 2016

Resident Evil e a fraude do surdo

Todo mundo conhece Resident Evil, clássico de PSX que a gurizada adorava, muita discussão sobre como resolver os puzzles e como sentiam medo de explorar a mansão "do mal", sim, pois nos anos 90 Resident Evil ainda dava medo.


Claro que como todo sucesso que a Capcom consegue lançar, vão aproveitar a parada o quanto der. O primeiro Resident Evil teve mais 2 versões pro Playstation 1: A Director's Cut e a Director's Cut Dualshock ver. A Director's Cut foi uma boa adição, um modo novo de jogo que arranjava o posicionamento dos itens de forma diferente, auto-aim e outras paradinhas bacanas, como a demo do RE2, que hoje é conhecida como o RE1.5. Já a Dualshock ver. veio só com suporte ao controle tremelicante (Dualshock) e um trilha sonora nova, que era muito aquém da original, porém o compositor tem uma história bem peculiar.


sábado, 8 de outubro de 2016

Hill Climb Racing



Hill Climb Racing foi um dos primeiros jogos que baixei na era dos smartphones e joguei muito ele na sala de espera da autoescola no meu antigo celular. Essa semana decidi escrever sobre ele, mas como ele está com muitas mudanças desde que eu parei de jogá-lo, instalei o aplicativo novamente e me surpreendi com o quanto que ele mudou, mas ao mesmo tempo continua o mesmo e com o quanto que ele continua divertido.

Pra começar deram um nome ao piloto do carro: Newton Bill, que irá para lugares onde nenhuma corrida alguma vez passou, com pouco respeito pela física, seu objetivo é correr até além da lua.

Com essa premissa simples, dá pra imaginar o tipo de mecânica, só existem dois controles na tela, no formato de pedais, um de acelerar e outro de frear. Os objetivos são sempre de alcançar distâncias cada vez maiores, começando com 200 quilômetros, depois 400, então 600 e assim por diante, com tanques de combustível para você continuar correndo e moedas de diferentes valores. Com essas moedas, você pode comprar novos carros e novas fases para correr e é justamente aí que reside a maior graça do jogo, explorar os diferentes terrenos e as diferentes mecânicas de cada veículo, pois não são simplesmente mudanças estéticas, não é simplesmente uma nova skin adicionada na frente do seu personagem, cada carro tem sua particularidade, uns sobem melhor os morros, outros são mais rápidos, uns tem melhor controle e outros viram com facilidade. Os cenários também apresentam desafios diferentes, a maioria deles são off-road, mas existem aqueles com asfalto, outros apresentam corpos de água pra diminuir a velocidade de seu veículo (ou até deixar aquela fase impossível para alguns) ou pode conter abismos que só aquele carro que tem uma aceleração muito alta pode ultrapassar. Além disso, as moedas podem ser utilizadas para comprar atualizações nos veículos, nos pneus, nos motores e no chassi, com algumas diferenças entre um e outro veículo, algumas até engraçadas.

Engraçadas porque, após alguns anos, obviamente que as ideias para novos veículos e cenários acabaram, mas por algum milagre existem 29 veículos (dentre eles, diversos carros de corrida, motos, um tanque de carro, um barco, snowmobile e até a carruagem do Papai Noel) e 28 cenários diferentes e seus desafios variados (de abismos a lagos radioativos).

Para mim, essas bizarrices só fizeram o jogo ser ainda mais atraente pra mim, que quando baixo um jogo casual não quero ficar pensando muito nele e Hill Climb Racing é exatamente isso, um jogo casual pra você não ter que pensar muito.